Skip to content

vi um homem que viu outro que viu o mar

21/01/2009
jjc, tapetes, coimbra, 2008

jjc, Tapetes, Coimbra, 2008

Quando encontrei esta frase, numa edição do Rifoneiro Português que bem gostava de saber por onde anda, lembrei-me da velha anedota do puto que diz à mãe:

– ó mãe, pão com marmelada é bom.
– ó filho, mas tu nunca comeste pão com marmelada.
– mas ó mãe, já vi comer…

Antes de a ler, já tinha feito dela todo um programa de vida.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: